.: Lua, de Luana

Uma mulher que gosta de viajar e conhecer lugares/pessoas.
"Lua vai dizer" foi inspirada na música de Katinguelê, a "Lua vai iluminar os pensamentos dela". Sendo assim, pretendo iluminar os caminhos de vocês. Boa viagem! :)

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Bonito - Mato Grosso do Sul

Localizado a 270km de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, Bonito faz jus ao nome que tem.
Bonito é bonito mesmo!

COMO CHEGUEI? De avião Recife-Campo Grande (com conexão em Brasília). De Campo Grande para Bonito optei pela van compartilhada (bem comum lá) que custa R$100 e deixa você na pousada-albergue-hotel. As que indico são a Vanzella, EK Turismo e Terra Transportes. O tempo da viagem é bem mais curto que de ônibus (ônibus 5, 6 horas e de van, 4 horas).

No caminho da gruta Lago Azul...
O QUE FAZER? Antecipo que os passeios têm preço tabelado, então entre em contato com a agência de turismo de sua preferência. A que eu escolhi foi a Bonito É o Bicho, pois acabei tendo resposta bem rápida pelo Whatsapp e um bom atendimento. Mesmo assim indico também a Viva Bonito e a Bonitour que por email me ajudaram a escolher os passeios. Em Bonito tem várias opções de passeios, de banho de cachoeira a rapel, de arborismo a grutas: Balneário do Sol e o Municipal, Boca da Onça Ecotour, Lagoa Misteriosa, Abismo Anhumas, gruta Lago Azul e flutuações nos rio da Prata, Sucuri e Nascente Azul; fazendas, Aquário natural... Só digo pra preparar o bolso, ir pronto pra gastar, pois achei o custo de lá um pouco mais alto que nos outros lugares que conheci. Opções que fazem você ficar quase um mês lá!

ONDE FIQUEI? No Bonito Hi Hostel, com ótimo custo-benefício, ambiente agradável, com agência de turismo própria (o que é muito bom se você não tiver programação ainda nem indicação de agência) e piscina. Fica a 2km do centro, mas é andável. Em Bonito não tem transporte coletivo, apenas moto-táxi e táxi comum (este com taxa fixa de R$20).

PRIMEIRO DIA
Cachoeira do Sol
Cachoeira do Amor
Conheci o centro da cidade que na verdade consiste em uma rua principal em que ficam vários restaurantes, pousadas, agências de viagem, lojas e outras ruas próximas com essas opções também. Não consegui fazer um passeio pela manhã pois era feriadão de Tiradentes (sexta, sábado e domingo de Abril/2016) e os principais passeios estavam esgotados. Sim, por mais que você tenha 10 mil reais na carteira, muitos dos atrativos de Bonito têm limite diário de pessoas. Procure reservar o quanto antes
prin-ci-pal-men-te se for em período de alta estação (feriados, períodos de férias). No período da tarde fui para o Parque das Cachoeiras. Lá os atrativos são em propriedades particulares, então tudo é muito organizado,
 

 limpo, estruturado. Este parque tem7 cachoeiras, todas bem próximas, sendo a caminhada de uma para a outra. Se você não gosta de água gelada nem se anime, hahaha. Cada cachoeira mais linda que a outra, cada qual na sua forma, de água verde e ge-la-da sim.Mas nada como um banho pra revigorar o corpo e as energias. Vale a pena!
À noite fui conhecer o Projeto Jiboia. Você que gosta de aprender é um bom lugar para se visitar. O dono do lugar tem uma cobra de estimação e fala tudo sobre o animal: o que come, como vive, lendas, histórias, curiosidades... Eu achei bem interessante e a entrada custa R$40. Ao final da palestra o visitante pode tirar uma foto com a amiga cobrinha, colocando no ombro seus 5 quilos (foto). Sempre tem os medrosos, mas acaba que todo mundo tira a foto... Momento único e minha segunda vez (a primeira foi em Manaus). De lá fui andando com a cara e a coragem para o albergue, pois a cidade é bem segura (dizem, mas não quis arriscar ser o primeiro caso de assalto lá) mesmo não vendo muito policiamento .

SEGUNDO DIA
Flutuação no rio Sucuri
O dia foi reservado à flutuação, que de fato é flutuar no rio. Águas cristalinas, peixinhos, ambiente perfeito pra você perceber (se ainda não constou isso) o quanto a natureza é bela. Meu local escolhido foi o rio Sucuri, pois o rio da Prata (o mais conhecido de lá) estava lotado. Chegando no ponto de apoio você veste quase a vácuo a roupa de neoprene, coloca colete, snorkel e máscara, todo o equipamento para amenizar a temperatura da água e ajudar a flutuar com mais facilidade (nessa hora sua gordura não vai servir de nada, rs). O tempo de flutuação é em torno de 1h30, descendo o rio... Nem precisa fazer esforço, a correnteza te leva. A preocupação é só ver as belezas e as maravilhas, zero problemas.
Passeio de barco antes da flutuação
~ O rio Sucuri fica no caminho da praia da Figueira e se você for de carro (aconselho um 4x4) dá pra conhecer também. Fica a sugestão pras agências de viagem em integrar os dois lugares, dá tranquilo, mas pro turista o valor fica dobrado, mesmo estando no fluxo) ~
Após o passeio da flutuação, na van mesmo, fiz amizade com um pessoal de São Paulo que por coincidência estavam no mesmo hostel que eu. O bom de viajar sozinha são as amizades feitas nos passeios... Parece que a gente se conhece há um tempão e você acaba ganhando guias turísticos em várias cidades, haha. Fomos para a Casa do João, um restaurante regional com ambiente agradável. Provamos de tilápia ao molho de maracujá, de carne de jacaré a caldo de piranha. Delicioso!
 
Gruta Lago Azul
TERCEIRO DIA
Tilápia no maracujá
Amei Bonito <3
Meu último dia nesta visita rápida a esse paraíso. Pela manhã fui conhecer a famosa Gruta Lago Azul, cartão postal da cidade e sob cuidados do governo local. 300 degraus nos separam do ponto de apoio àquele azul impressionante. Na descida vemos borboletas, flores e formações rochosas da gruta, além da situação histórico-geográfica do lugar, contada pelo guia. Ao chegar lá, sério mesmo, que cor de água é aquela? Tem toda uma explicação que não me lembro agora, só me vem à cabeça aqueles 50 tons de azul lindos. Vale a pena mesmo, não só por ser figura carimbada de Bonito, mas porque é bonito mesmo.
"Azul é a cor da alegria"

Viajar faz bem ;)
À tarde fiz o passeio de bóia-cross no Hotel Cabanas. É um passeio divertido principalmente depois do almoço, que dá aquela preguiça. Descendo de bóia, seja deitado ou sentado, você passa por algumas mini cachoeiras e curvas do rio. Neste mesmo hotel tem o passeio de arborismo, mas começou a chover e não quis arriscar.

 
Resumindo, Bonito é um lugar de ecoturismo, de belezas naturais e de contato com a vida em abundância. Super indico a você que deseja renovar as energias e admirar as belezas do nosso país, independente da idade.
Beijos com sabor de peixe colorido e visual de água cristalina.   

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Não só parece como é mesmo. Que bom, aproveite bastante lá! Certeza que irás gostar :)

      Excluir